Menu

Tesouro Direto

Saiba como escolher os títulos e ganhar mais dinheiro com segurança

Digite seu e-mail abaixo e receba o relatório completo

Descer página

Por que baixar este relatório?

Esta é uma ótima opção para quem tem perfil conservador de investimento. O Tesouro Direto tem como vantagens ser uma aplicação de baixo risco, possuir liquidez diária e não precisar de grandes quantias para investir.

Caro Leitor,

Sabe quando seu gerente de banco define seu perfil de investimentos como conservador? Pois bem, ter perfil conservador de investimentos hoje, no Brasil, é uma ótima opção. E ser conservador não implica deixar seu dinheiro “rendendo” na poupança que, cá entre nós, é o último lugar onde você deveria deixar seu suado dinheiro.

Os títulos públicos são instrumentos financeiros de renda fixa emitidos pelo governo federal. O objetivo do governo é obter dinheiro de qualquer pessoa ou empresa para financiar suas despesas. Ou seja, você “empresta dinheiro” ao governo e ele te devolve este montante depois de um tempo com um adicional de pagamento de juros, que é o seu retorno do investimento.

Todos os títulos do Tesouro Direto têm uma data de vencimento, que é a data em que o Tesouro Nacional quita suas obrigações financeiras com os investidores. É o dia do resgate do valor do título. Mas isso não quer dizer que você não possa sacar seu dinheiro antes. Sim, você pode. E sabemos que o país está em uma situação bastante complicada, mas ainda indicamos o Tesouro.

Além de ser uma opção de investimento segura, o Tesouro Direto tem outras vantagens:

Desde 2015, o Tesouro passou a ter liquidez diária, ou seja, você pode vender no mesmo dia em que decidir fazê-lo.

O Tesouro Direto permite programar o investimento, o que ajuda na disciplina para investir. Em contato com o banco ou com a corretora, você pode programar uma espécie de “débito automático” ou “aplicação automática”.

O rendimento do investimento é bom. Como o Brasil ainda tem uma inflação alta, os títulos do Tesouro que acompanham tal índice pagam bem.

É bem fácil de aplicar e você pode fazê-lo por conta própria. Você precisa apenas ter uma conta em um banco ou em uma corretora para começar.

O site oficial do Tesouro Direto é bastante claro e explica detalhes sobre seu funcionamento. Você pode olhar os títulos atualmente disponíveis para compra, como o Tesouro IPCA+ (que antes se chamava NTN-B) ou o Tesouro Selic (que antes se chamava LFT). Não se assuste com os preços de compra, é possível comprar apenas uma fração dos títulos.

Mas quais são os riscos do Tesouro Direto? Deve-se investir pelo banco ou pela corretora? O Tesouro é melhor que a poupança? Qual o melhor título para você? Hoje, você vai encontrar essas respostas e algumas outras, afinal, construir riqueza depende do seu planejamento e das suas escolhas sobre onde investir e como poupar. Baixe seu relatório!

Voltar ao Topo